Escolhi aqui estar, escolhi sonhar que as festas podiam durar uma eternidade. Divirtam-se, não espero menos que isso!
Sábado, 20 de Maio de 2006
Reabertura - Mesma Gerência

Pronto, está decidido, daqui não saio, daqui ninguém me tira, hehehehe, eu avisei-vos da minha loucura, vocês não acreditaram, insistem em voltar, o risco é vosso. J

 

 

Pois, é assim, após exaustiva, trabalhosa e apurada reflexão, resolvi fazer obras, e não abandonar o espaço, gosto deste, então, só havia uma solução, e apliquei-a, está pronto o salão, como novo, com ar puro, (inclui janelas, com vista para a alma ……;)

 

E pronto, espero que estejam preparados, para as próximas festas, com tema ou sem tema, os amigos são sempre bem-vindos, é preciso, é virem com vontade de partilhar, sentimentos, experiências, e que estejam aqui de peito aberto, (eu estou).

 

Hoje, apetece-me uma festa simples (as coisas simples são as que mais gosto), sentemo-nos comodamente, no chão nas almofadas, assim tipo tertúlia, cada um, se quiser, se tiver vontade, que deixe o seu contributo, com palavras próprias ou não, o que interessa é que cada um faça, diga, escreva ou não, algo. Não será fácil, (para min, não é) escolher palavras ou mesmo imagens que sejam importantes para nós, partilhá-las com os outros, porque são tantas, que parece que uma vida não chega, para o fazer!!!!!

 

Eu escolho a letra de uma música que uma amiga (muito, mas mesmo muito, querida, agradeço-te com amizade e carinho, retribuído em doses maiores que o mundo), me fez chegar. Assim junto as duas coisas palavras e sons.

 

Claro que tinha de ser de um português, para não variar, que ele há coisas que nunca mudam. J

 

 

≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈

 

 

“Fado De Uma Rua Qualquer”

 

 

Longe fica a rua onde eu te vi;

Que a vida pode recomeçar;

Onde eu quis sentar-me ao pé de ti;

Cheio de assuntos pra te impressionar.

 

Pronto pra ir

Ao fim do mundo

Atrás de ti

Pronto pra ver

Perder-se

A lembrança de mim.

 

Os teus olhos passaram por mim;

Eu tinha a vida a desesperar;

E num instante o futuro decidi;

Ao não decidir, ao congelar.

 

Ah! É que os fracos não agarram;

As hipóteses de mudar;

O que agora só nos resta recordar.

 

(Jorge Cruz)

 

≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈≈

 

 

 

 

 

 

Há café e bolinhos, porque acredito (não é bem acreditar, é mais uma certeza) que ainda vamos passar algumas horas juntos!!!!

 

Espero que esteja do vosso agrado e que voltem, já sabem que conto convosco, contem comigo também!!!!

 

Coisas e coisos e tudo e tudo, para todos (que estou um bocadinho cansada para escrever beijinhos e abraços e restantes mimos, eheheheheh).

                           

Com o carinho e amor do costume, sempre!!!!!!

 

 


tou assim a modos que a bem dizer muito::
estou a sentir: Must Be Doin' Somethin' Right by Billy Currington

organizado por: minizinha às 17:53
ligação ao texto | reacção na hora | favorita-me

14 comentários:
De GNM a 20 de Maio de 2006 às 19:03
Bia,
Sinto-me lisojeado pela tua
presença no dia 16!

Obrigado!

Continua a sorrir!


De minizinha a 21 de Maio de 2006 às 14:11
:))


De Lisa a 20 de Maio de 2006 às 22:04
Até que enfim!!!!!!!! Que soidades!!!!! :) Minizinha este cantinho de alegria faz-nos falta.... Um beijinho grande. Todo o mimo do mundo para alguem muito especial, que bem mereces :) chuackkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


De minizinha a 21 de Maio de 2006 às 14:14
Chuakkkkkkkkkk, para ti!!!
Bigada, pelo elogio, mas só retribuo o que recebo.
:))
Gosto que gostes do meu cantinho.
:))


De bapsi a 21 de Maio de 2006 às 19:17
MInmaria ..fiquei mesmo contente em saber que abriste o salão de festas.
Espero que as próximas sejam , vão ser de certeza, tão animadas como as anteriores.
Boa sorte pra o salão remodelado e jocas pra ti sem aditivos , corantes ou conservantes


De minizinha a 23 de Maio de 2006 às 14:05
Fico contente, que fiques contente, é uma alegria pegada nós as duas juntas, ehehehehehehe.
Obrigada pelos votos de boa sorte, esta é construída todos os dias com vocês e comigo aqui!!!!!!!
Jokinhas (os lábios tão sequinhos que eu vi......;)


De José Fonseca a 22 de Maio de 2006 às 09:07
Parabéns minizinha, tens o salão muito arrumadinho, espero poder continuar a assistir ás tuas festinhas, arrumadinhas claro, bjokinhas....


De minizinha a 23 de Maio de 2006 às 14:10
Arrumadinho, arrumadinho, tem dias, lolllllllll
Claro que podes continuar a assistir e a participar, também, os convites são sempre entregues na festa anterior .....
Beijinho


De vendobarato a 22 de Maio de 2006 às 18:02
Aceito o desafio, e vou deixar aki o meu contributo:

As palavras são de YVES MOOR


NADA

Não tenho nada
nada a não ser a erva húmida sob os meus pés descalços
nada a não ser o fresco alento da noite sobre os meus ombros
nada a não ser este fogo
onde aqueço as minhas mãos
nada a não ser o canto das cigarras
nada a não ser o crepitar dos ramos secos na fogueira
nada a não ser o brilho cúmplice e distante
daquela estrela
talvez já apagada
cujo último raio viajou milhões de anos
para chegar esta noite
até mim.

Besitos :)))


De minizinha a 23 de Maio de 2006 às 14:13
:))
Tens tudo para seres bem-vindo, aqui, boa escolha!!!
Beijinho


De não me identifico porque sou cobarde ou tímida/o a 23 de Maio de 2006 às 14:11
Bem nininha mas que festas...hum!mas não gosto de bolinhos :))) mas aceito o cafézinho ihihih.

Jinhus Zuluindia


De minizinha a 24 de Maio de 2006 às 22:29
Zu lindona,
A visita ao meu salão de pessoas lindas como tu, deixa-me comovida, fosse eu café!
Obrigada e beijokas amiga


De lágrimas de amor a 24 de Maio de 2006 às 20:52
faz muito tempo que não falamos, que não amamos, que sinto falta dos teus brados, daqueles sorrisos hilariantes, sinto falta das tuas expressões de alfacinha, sinto falta, da tua disponibilidade, da tua capacidade de amar, sobretudo de dar, e que muitas vezes, sem esperar nada em troca, a grandeza do ser humano está no seu interior, penso que temos muito medo de nos mostrar, se calhar com muito medo da exposição, da critica enfim do medo de não sermos aceites.
Mas se vivemos com medo, vale apenas amar? penso que não.
A vida é feita de muitos factos, que muitos deles influenciam directa ou indirectamente a nossa vida, temos de ver esses factos, como uma luta diaria, em que temos de dizer a nós proprios somos capazes, e que conseguimos superar tudo.
nuncas percas a fé

angel


De minizinha a 24 de Maio de 2006 às 22:36
Amigo lindo do meu coração,
Também tenho sentido a tua falta.
As tuas palavras deixam-me de lágrimas nos olhos!
E não digas que dou sem receber, porque eu acho que recebo sempre, mais do que dou...... :))
Tenho muito orgulho em ser tua amiga e tou aqui quando precisares.
Não percas tu a fé, eu prometo-te que não perco a minha.
Beijos do tamanho do Universo, para ti,
bia


a hora de reagir

MINIZINHA
Leituras
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


AGORA

Festa ...

FESTA DE 2009 - DIA CINZE...

Festa do estou em Casa!!!...

Festa do Lobo que não é!

... Esta é pra ti PH (pra...

Festa ... Eu Estou Egoist...

Festa do "Afasta as Bruxa...

Festa do Amor!

Festa das Estórias I - O ...

Festa porque as asas são ...

ANTES
relógio

estás cá!
online
dicionário