Escolhi aqui estar, escolhi sonhar que as festas podiam durar uma eternidade. Divirtam-se, não espero menos que isso!
Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006
Festa porque ... sim!!!!

 

 
Parabéns querida amiga e parceira de risos e lágrimas!!!!!!!!!
 
Chegaste à minha vida “ontem” e vais ficar cá, como se sempre, estivesses estado aqui!!!!
 
Tudo o que escrever será sempre quase nada, para conseguir exprimir, os sentimentos que envolvem a nossa amizade, parceira mais uindaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Para os descrentes das novas tecnologias, e dos caminhos da net, que até, por acaso (será mesmo?), conseguem colocar no caminho uns dos outros pessoas com tanta afinidade e que de outra forma, quem sabe, nunca se teriam cruzado, a festa de hoje é-vos dedicada, e nada melhor que escolher o dia do aniversário da nha parceira para o fazer.
 
Sentem-se confortáveis, porque vou contar uma história. Tem ficção, comédia, verdade, invenções, e outras coisas, mas sobretudo tem uma coisa que para mim é especial, tem a minha vontade de partilhar o que me vai na ialmaaaaaaaaaaaaa (com pronúncia do norte, porque dito desta forma, vai mais fundo, ihihihihihihihi)!!!!!!

 

Era uma vez … (evidente que tinha de começar assim)
 
Algures no Alentejo, nascia uma menina de olhos castanhos profundos, que quando sorria (sorri), conseguia (consegue) absorver as cores da região, cores estas que a acompanham, ainda e que, cá para mim que ninguém me ouve, vão acompanhar sempre!!!
 
Sim, porque digam o que disserem, cada região tem uma cor própria que o sol reflecte, diferente de uns locais para os outros, e não é uma questão de regionalismos, não é melhor nem pior, é simplesmente: diferente!!!!  
 
E as cores do Alentejo, sabem a conforto, são quentes mesmo de Inverno, e cheiram a pão quente, a lareiras, a brilhos das estrelas (sim leram bem: cheirammmmm… porque as cores não são só pra ver, é que tem de se explicar tudo, que canseira, ehehehehehehe)
 
Vai dai, a menina cresceu … (e bem, ihihihihih), e desenvolveu uma força interior, (exterior tb, mas eu nem digo nada, senão ainda vou parar ao Samouco, com a palmada que levo … assobiando e olhando para cima pra disfarçar… fiu, fiu, fiu, fiu), uma força que transmite aos outros na partilha dos sorrisos, das palavras, das acções e sei lá que mais (saber sei, mas cada um que descubra, oras, ahahahahahah).
 
E no percurso da sua vida, vai tocando os outros, os que a rodeiam, de uma forma, a que ninguém consegue ficar indiferente, e todos buscamos nela um carinho, uma palavra de conforto, uma orientação, um caminhar lado a lado, a famosa partilha de tudo e de nada, e coisa rara no mundo de hoje, não é que encontramos isso mesmo!!!!!!!!!!!!
 
E, continuando esta história, que nem sei se terá a famosa “conclusão”, questiono: Quem a apoia a ela? Quem a ouve? Quem quer saber quais são os seus sonhos? Quem lhe dá o espaço que precisa para voar?
 
E quando é que perguntamos: Será que é isto que queres pra ti? Humm?
 
Pois …
 
Egoístas, como sempre, característica do ser humano, normalmente, só pensamos em nós, não temos “tempo”, e se calhar nem vontade, de parar e pensar nos outros, um pouco que seja por dia e isto corria muito melhor (tenho a certeza, e tenho poucas nesta vida).
 
A história não acaba, nem hoje, nem aqui, e vai ter uma continuação feliz, espero que eu contribua para tal…
 
(leia os próximos capítulos, em hora, dia e local a assinalar brevemente num cinema perto de si, ihihihihihihihi)

E vamos lá festejar, rir, dançar, estar com os amigos, beber e comer (que os corpinhos não se aguentam só com brincadeiras, mas que estas fazem falta, ai fazem, fazem, estas e outras, e não digo quais, que sou muito púdica e assim, ihihihihihihihi).
 
Já sabem o lema desta “casa”, divirtam-se ou não, a opção é vossa, quem quiser que fique e contribua, para os nossos sorrisos e para o aquecimento das almas (que este não o global, oras, nada de perversões no salão, ahahahahahahahahah)
 
Ps: Estas fotos foram feitas, realmente no Alentejo, no Magusto de 2006 !!!!
 
(Este post é-te inteiramente dedicado, parceira e mais não digo)
 
Viva!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
 
 
E venha de lá a música que é dos elos que nos une com tanta força, né parceira?
 

Friends will be friends
Queen


Another red letter day
So the pound has dropped and the children are creating
The other half ran away
Taking all the cash and leaving you with the lumber
Got a pain in the chest
Doctors on strike what you need is a rest

It's not easy love,
but you've got friends you can trust
Friends will be friends
When you're in need of love
they give you care and attention
Friends will be friends
When you're through with life
And all hope is lost
Hold out your hand 'cos friends will be friends
Right till the end

Now it's a beautiful day
The postman delivered a letter from your lover
Only a 'phone call away
You tried to track him down
but somebody stole his number
As a matter of fact
You're getting used to life
without him in your way

It's so easy now,
'cos you got friends you can trust
Friends will be friends
When you're in need of love
they give you care and attention
Friends will be friends
When you're through with life
And all hope is lost
Hold out your hand 'cos friends will be friends
Right till the end

It's so easy now,
'cos you got friends you can trust
Friends will be friends
When you're in need of love
they give you care and attention
Friends will be Friends!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



tou assim a modos que a bem dizer muito:: não há emotion que traduza!!!!
estou a sentir: Queen - "Friends will be Friends"

organizado por: minizinha às 13:33
ligação ao texto | reacção na hora | favorita-me

10 comentários:
De comadri loura a 1 de Dezembro de 2006 às 01:10
Prima....contaste que essa menina que nasceu no alentejo, tinha tranças pretas?? Não li....mas pode ter-me falhado.... :o)) Parabens a essa menina, de quem todos gostamos tanto! Parabéns pelo aniversário, e pela pessoa linda que é! E é verdade.....as tecnologias fazem milagres!! Dou por mto bem empregue, o tempo que "perco", aqui....de outra forma, nunca teria conhecido as pessoas que entraram "ontem".....mas que parecem ter entrado desde sempre! BEIJOS pra vcs que sabem bem quem são!! :o))( e mais não digo, pk estou a ficar nhonhinhas, e eu...não sou nhonas!!!!


De minizinha a 4 de Dezembro de 2006 às 02:11
:)

Primaaaaaaaaaaaaa nhonhas da silva, ihhihihihihih!

Obrigada por acrescentares o pormenor das tranças, aiiiiiiiiiiii que seria de mim sem ti !!!!!!!

Beijokassssssss, que tou sem palavras, e assim a ficar mais nhonhas do que sou, eheheheheh

:)


De Lisa a 1 de Dezembro de 2006 às 03:00
Ai que história gira, essa nunca me contaram... (mas adorei lê.la!!!) Não sei que dizer... :)
Um beijo parceira.. tu e as pessoas que gosto aqui, é que são especiais e as festas que fazemos sempre que nos juntamos, virtualmente ou na realidade são puras, existem e preenchem-nos a alma de amizade.
Gosto muito de ti...
Um beijo com xi apertadinho (dos nossos)


De minizinha a 4 de Dezembro de 2006 às 02:15
:)

Parceira, mais especial és tu e mai nada !!!!!!!!!

Já reparaste na carreira de contadora de histórias que deixei passar ao largo, hihihihihihihih

Tb gosto muito de ti, e tu sabes ... :)

Beijo e abraço retribuido, dos nossosssssssssssss !!!

:)





De Oceanis a 3 de Dezembro de 2006 às 19:36
Esta história, muito bem escrita por sinal, fez-me recordar um poema que li, faz muito tempo. Tem por título "Foi Sempre Assim", e diz:


"Foi sempre assim, desde menina...
Pensava demais.... Fazia de menos!
Sonhava sempre...
Passava horas olhando o nada, o pensamento a mil por hora
Imaginando... Planejando...
Os pensamentos queimando... Procurando uma saída... A solução para a

questão.

Passava horas olhando mapas,
Buscando significados nos dicionários...
Conhecendo histórias e personagens nos livros!

Assim trilhava seu caminho,
Seu mundo secreto... perfeito... só dela!
Quantas viagens fazia... A mundos imaginários
Quantos personagens criou... E que a encantaram

Foi sempre assim, desde menina...
Adorava o mar... Passava horas olhando para lá...
Traçava rotas... Muitas eram tortas... Outras mortas
As ideias vinham em turbilhões... aos milhões

Ficava horas imaginando: “O que vou ser na vida?”
Imaginava que seria escritora, pois os livros e as palavras amava
Ou iria ser veterinária, era encantada pelos bichos
Ou ainda marinheira, para estar mais perto do mar!

E assim ficava a imaginar...
Seu amor um dia chegar...
Muitos poemas já fazia, imaginando quando estivesse apaixonada
Extensas cartas escrevia, algumas sem destinatário
Sem remetente... Escrevia e guardava no tempo

A maioria a achava esquisita, avoada... atrapalhada até...
Nunca entendiam que ela pensava... e como pensava!
Tampouco imaginavam que ela era feliz assim... desse jeito
No seu mundo particular!
Mal sabiam eles que era sua maneira de estar livre, serena...

Jamais entenderam que esse era o jeito dela
Diferente das outras,
A criatividade queimava na alma
Porque ela pensava... Porque só assim ela era livre! "

Um beijo para ti Isabel, por cultivares a amizade, e outro também para a menina das tranças.

:o)



De minizinha a 4 de Dezembro de 2006 às 02:29
:)

Obrigada, amigo querido, e tens razão as amizades cultivam-se e o adubo são os beijos... :)*

Que poema tão bonito, já fiquei de olhos brilhantes ...

Já estou como a minha prima, ainda bem que "perco" o meu tempo aqui, e que te encontrei, gosto muito de ti ...

Espero que consigas encontrar tb tu, o teu " mundo secreto... perfeito... só teu!"

Beijo

:)



De Carla a 3 de Dezembro de 2006 às 22:36
Que festa tão linda, tão animada, tão genuína e tudo e tudo e tudo! Adorei a história! Parabéns, emmicas linda! É um golpe de sorte encontrarmos um verdadeiro amigo, mas nós não somos fruto apenas de um golpe de sorte. Achámos mesmo um trevo de 4 folhas, não foi? :))) E agora tb me vou, porque sou filha da mami e por isso não sou nada nhonhinhas nem nada que se pareça, só me entrou uma coisinha prá vista :P Beijo grandeeeeeeeee! :))


De minizinha a 4 de Dezembro de 2006 às 02:37
:)

Nitinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!!!!

:P ... iihihihihihi
( é pra ver se disfarço, que a coisinha que te entrou prá vista deve ter passado pela minha tb ... )

beijo maior, amiga da irmandade do trevo, grande ideia a tua !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

(claro que não foi só sorte)

:)


De maria1312 a 4 de Dezembro de 2006 às 17:06
Palavras para quê... é o sorriso da nossa sorrisinhos k nos enche a alma de coisas boas e tdo e tdo....
Beijinhos mto mimentos :)
Maria

PS: nao queria dizer aki mas tb adoro o teu sorriso k contagia minha kida Zabelinha :))))


De Patupi a 7 de Dezembro de 2006 às 23:30
Nada é bom demais ou bonito demais para uma pessoa que merece o que a vida tem de melhor! Um beijo enorme prá minha madrinha linda e para a minzinha, que é uma festa em si mesma, pela alegria que transmite em cada gargalhada! Um beijo para todas as pessoas aqui! A net também me permitiu fazer amigos e conhecer pessoas que de outro modo continuariam desconhecidas - e que pena seria, caramba! Haja festa! Música! Canções! Comidinha boa! Sangria e Caipirinha! :-) Beijosssss!


a hora de reagir

MINIZINHA
Leituras
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


AGORA

Festa ...

FESTA DE 2009 - DIA CINZE...

Festa do estou em Casa!!!...

Festa do Lobo que não é!

... Esta é pra ti PH (pra...

Festa ... Eu Estou Egoist...

Festa do "Afasta as Bruxa...

Festa do Amor!

Festa das Estórias I - O ...

Festa porque as asas são ...

ANTES
relógio

estás cá!
online
dicionário